Centro de Investigação Agro-pecuária

O Centro de Investigação Agropecuária da Universidade Licungo (CIAP) é uma unidade orgânica da Universidade Licungo de natureza interdisciplinar, que goza de autonomia científica, de investigação e de gestão financeira relativamente aos recursos por si captados, dentro dos limites legais.

As actividades principais no CIAP estão adstritas, fundamentalmente, a pesquisa e extensão no domínio agropecuário, sem descorar das áreas transversais relevantes que impulsionam o seu desenvolvimento, como a gestão ambiental, Biologia, Química, física, entre outros.

O CIAP tem a sua sede em Quelimane, com representação na Beira e as suas acções são do âmbito nacional.

  • Missão: Dinamizar a investigação agropecuária e de áreas afins, garantindo a visibilidade da UniLincungo em benefício do bem-estar das comunidades ao seu redor.
  • Visão: Ser uma unidade de pesquisa e de extensão de excelência na área de produção agropecuária ao nível nacional e internacional.
Linhas de Pesquisa do CIAP

A UniLicungo assumiu a agricultura como sendo uma das suas três áreas de excelência (junto da Educação, Saúde e Bem-estar e Meio ambiente e Biodiversidade) buscando proporcionar soluções tecnológicas para a produção de alimentos nas comunidades ao seu redor, aproveitando-se das potencialidades agro-ecológicas relevantes da região onde está inserida (Províncias da Zambézia e Sofala). Pelo facto desta actividade ser maioritariamente praticada de forma familiar, usando técnicas tradicionais de produção, há necessidade de investir na componente técnico-científico para melhorar as práticas habituais em uso pelas comunidades oferecendo-as novas abordagens que envolvem tecnologias de produção.

 

Por outro lado, o subsector de aquacultura é considerada responsável por aproximadamente 50% da produção mundial de pescado (António & Walter, 1998), entendendo-se que a aposta nesta actividade poderá melhorar significativamente os níveis de produção pesqueira em Moçambique e a sua contribuição no Produto Interno Bruto PIB. Apesar das potencialidades existentes para a prática da aquacultura em Moçambique, estimada em 4.000.000 Ton/ano, em 2019 a produção aquícola foi de 3.771 abaixo de 0.1% da capacidade total, contribuindo com apenas 1.19% no PIB, sendo que a contribuição do sector agrário foi estimado em 21.9% (INE, 2020).

Grupos de Pesquisa

Grupo de Pesquisa do CIAP é um conjunto de indivíduos de carácter multidisciplinar, organizados em torno de uma temática (linha de pesquisa) que desenvolvem projectos de pesquisa, extensão ou inovação no domínio agropecuário.

Para além de Docentes e Investigadores, os grupos de pesquisa podem integrar estudantes e técnicos da UniLicungo e de outras instituições.

Estrutura do Centro e Funcionamento dos grupos de Pesquisa

O Centro de Investigação Agropecuária da UniLicungo estruturam-se em:

  1. Director;
  2. Conselho Científico;
  3. Subcomité de Ética;
  4. Departamento administrativo;
  5. Grupos de Pesquisa.

Onde Estamos

Copyright © Universidade Licungo 2019-2021 | Todos os direitos reservados